skip to Main Content
Giro De Estoque: O Que é, Como Fazer E Importância

Giro de estoque: o que é, como fazer e importância para o lojista

No mundo dos negócios, é importante sempre estar atento às oportunidades de reduzir custos e aumentar a lucratividade. Um processo que pode auxiliar nesse objetivo é o giro de estoque.

Com ele, você consegue equilibrar as quantidades de mercadorias compradas e vendidas e, assim, diminuir os gastos com armazenagem e otimizar o uso do capital de giro.

Um alto giro indica que sua loja tem boas condições para atrair novos clientes e vender mais. Por outro lado, quanto mais produtos ficam parados na loja, maior será o risco de prejuízo.

Portanto, se você quer tornar a gestão do seu e-commerce mais eficaz, continue a leitura deste artigo. Nós explicaremos o que é giro de estoque, como calcular e implementar em sua loja. Vamos nessa?

Saiba como tornar seus envios mais baratos para seus clientes

O que é o giro de estoque?

O giro de estoque é um indicador que mede a capacidade de uma empresa de converter seus estoques em vendas. Em outras palavras, é o tempo médio que uma mercadoria permanece no estoque da loja até ser vendida.

Essa métrica também é fundamental para avaliar a eficiência operacional de um e-commerce e deve ser acompanhada de perto pelos empreendedores.

Por meio dela, você pode avaliar a saúde financeira da sua loja virtual, já que permite observar quantas vezes o estoque de uma empresa é vendido e substituído durante um período de tempo.

Um índice de rotatividade de estoque mais alto indica que uma empresa está vendendo seu estoque em um ritmo acelerado e é menos provável que tenha em excesso ou obsoleto.

Qual a importância do giro de estoque?

Trata-se de um parâmetro essencial para avaliar a performance comercial de uma empresa. Isso porque pode indicar, por exemplo, se a sua loja está comprando mercadorias que não estão sendo vendidas, o que representa um gasto desnecessário de capital de giro.

Além disso, produtos que ficam muito tempo parados no estoque costumam perder o valor com o tempo, além de gerarem mais custos com armazenamento, especialmente se exigirem cuidados especiais, como refrigeração.

No caso de produtos perecíveis, o risco de prejuízo é ainda maior, já que há um risco grande de atingirem o prazo de validade ao permanecerem guardados por um longo período.

Vale ressaltar que a métrica também pode indicar se a loja está vendendo mais do que o necessário. Se o resultado do cálculo for muito alto, isso significa que você está renovando o seu estoque com muita frequência e pode estar deixando de lucrar com as vendas.

Por fim, esse indicador também é importante porque indica a saúde financeira de um negócio. Uma empresa que tem um alto giro de mercadorias costuma ter mais facilidade para pagar suas dívidas e para se manter em funcionamento.

 o que é giro de estoque e qual a importância para o lojista

Vantagens de acompanhar o estoque de um e-commerce 

Acompanhar o desempenho do seu estoque traz diversas vantagens para a sua empresa. Confira as principais:

Diminui os custos com armazenagem

Mercadorias que ficam muito tempo no estoque acabam gerando custos extras, como o aluguel do espaço e a manutenção das condições ideais de estocagem (temperatura, umidade, etc).

Evita o desperdício de mercadorias

Produtos que ficam encalhados no estoque tendem a se deteriorar e acabam sendo descartados, independentemente se são perecíveis ou não.

Aumenta a lucratividade

Quanto maior o giro dos produtos, maior a chance de vender mais e, consequentemente, maior o lucro. 

Melhora a saúde financeira da loja virtual

Um alto giro de estoque indica que a empresa tem boas condições de gerar caixa para pagar suas contas e investir em novas estratégias.

Facilita o planejamento financeiro

Com um bom controle de estoque, fica mais fácil prever as entradas e saídas de mercadorias e, consequentemente, controlar os gastos da loja.

Como se calcula o giro de estoque?

O cálculo é bastante simples. Basta dividir o valor total das vendas pelo valor médio do estoque. Para simplificar, você pode usar a seguinte fórmula:

Giro de estoque = Total do valor de vendas / Valor médio do estoque

Para que fique mais claro, vamos exemplificar como o cálculo funciona na prática. Imagine que você tenha uma loja de roupas. O seu estoque médio de calças jeans é de 50 unidades. 

Já as vendas desse determinado item são de 200 unidades por ano. Com esses dados em mãos, basta aplicar na fórmula:

Giro de estoque = 200 / 50

O resultado do cálculo é 4. Isso significa que seu estoque foi renovado quatro vezes durante o período analisado.

Quando o e-commerce vende produtos variados, o ideal é fazer esse cálculo utilizando os valores de compra.

Por exemplo, vamos supor que seu estoque esteja avaliado em R$ 10 mil (considere o valor de compra do fornecedor) e seu volume de vendas seja de R$ 26 mil. Então, temos:

Giro de estoque = R$ 26.000 / R$ 13.000

Nesse segundo exemplo, o resultado é 2. Isso significa que seu estoque foi renovado duas vezes durante o período analisado.

Qual é o giro de estoque ideal? Entenda como funciona

Se o resultado for maior que 1, significa que, em média, todas as mercadorias foram vendidas e repostas em um único período. Ou seja, o estoque foi totalmente renovado.

Agora, se o resultado for menor que 1, ou seja, 0,5, por exemplo, quer dizer que a loja vendeu somente parte do seu estoque em um determinado período. Portanto, indica que ainda há mercadorias paradas no armazém.

Portanto, o ideal é que esse indicador esteja sempre acima de 1 para manter a boa performance do seu e-commerce.

como se calcula giro de estoque e qual giro ideal?

Como melhorar seu giro de estoque?

Ao conhecer o giro de estoque da sua loja virtual, fica mais fácil determinar as melhores estratégias para otimizar esse indicador. A seguir, confira algumas técnicas para melhorar a saída de produtos:

Faça um diagnóstico

A primeira ação que você deve tomar é realizar um diagnóstico da situação. Analise a frequência de compras dos seus consumidores, observe a sazonalidade do mercado e faça um levantamento dos produtos que não estão sendo vendidos.

A partir desses dados, você poderá traçar soluções, por exemplo, repensar as estratégias de marketing para esses itens ou descontinuar produtos.

Conheça seu público-alvo

Você realmente conhece o seu público-alvo? Analise a fundo o perfil do seu cliente e tenha certeza de que você oferece produtos que atendam às necessidades dele.

Essa análise te ajudará não apenas a acertar nas compras com os fornecedores, como também a criar estratégias de marketing e vendas otimizadas para atingir as pessoas certas.

Cuide da gestão de estoque

Também é importante fazer um controle efetivo das mercadorias para evitar problemas com excesso ou falta de produtos.

Além disso, vale ainda realizar uma pesquisa de mercado para manter seu inventário atualizado com as últimas tendências do seu nicho de atuação.

Faça promoções

As promoções ajudam a despertar o interesse do consumidor, impulsionar as vendas e, consequentemente, aumentar a saída de mercadorias. Você pode, por exemplo:

  • oferecer frete grátis;
  • enviar brindes nas compras;
  • oferecer descontos progressivos, ou seja, quanto maior a quantidade adquirida, maior o desconto.
  • criar descontos para quem comprar determinadas mercadorias em maiores quantidades;
  • oferecer descontos agressivos nos itens que estão parados no estoque há muito tempo;
  • entre outras estratégias.

Crie uma programa de fidelidade

Os programas de fidelidade tem como objetivo oferecer vantagens aos clientes fiéis. Ao adotar essa estratégia, você estimula os consumidores a comprarem mais vezes em sua loja virtual e cria uma relação mais próxima e duradoura com seu público.

O formato mais comum é oferecer cashback para ser usado em novos pedidos em seu e-commerce ou, então, um sistema de pontos que podem ser trocados por descontos ou produtos.

Diversifique os canais de venda

Outra maneira de girar seu estoque é alcançar novos consumidores e, consequentemente, gerar mais vendas. Para isso, uma ótima estratégia é diversificar seus canais de venda.

Se você ainda não vende em marketplaces ou nas redes sociais, considere ingressar nesses ambientes. 

Ofereça produtos complementares

Essa técnica é chamada de cross-sell e consiste em oferecer itens complementares ou similares aos que o cliente está comprando com o objetivo de gerar mais vendas para a loja. 

Por exemplo, se o consumidor vai comprar uma calça jeans, você pode oferecer uma camiseta ou um acessório que irá completar o look. 

Invista em marketing

Ações de marketing bem planejadas podem atrair mais clientes para sua loja, gerar mais vendas e, consequentemente, um maior giro. A seguir, listamos algumas ideias que podem te ajudar a conquistar esse objetivo:

  • recorra a anúncios pagos, como o Instagram Ads, para alcançar novos clientes em potencial;
  • faça parcerias com outras lojas do seu nicho, mas que não seja sua concorrente direta, para atrair consumidores qualificados;
  • considere o marketing de influência para conquistar mais credibilidade online;
  • promova eventos para chamar atenção do público, como workshops e live commerces.

marketing digital para girar estoque

Esteja preparado para a sazonalidade

O comércio sofre grandes oscilações de acordo com a época do ano. As compras para o Natal e Black Friday, por exemplo, são bem superiores em relação ao restante do ano.

Por isso, é importante se preparar para os picos de demanda e garantir que o seu estoque esteja sempre abastecido.

Não deixe seu estoque zerar

E você não deve se preocupar apenas com os produtos parados em estoque. A falta de mercadorias também é extremamente prejudicial para o seu negócio.

Afinal, sem mercadorias para vender, o e-commerce fica parado e os clientes acabam indo comprar em outro lugar.

Por isso, é importante sempre ter um controle efetivo sobre o estoque para fazer pedidos aos fornecedores com antecedência. Assim, você garante que as mercadorias cheguem na loja no momento certo.

Giro de estoque: confira as principais ferramentas para auxiliar neste processo

Como vimos, o giro de estoque é fundamental para a saúde financeira da loja. Porém, acompanhá-lo pode ser uma tarefa desafiadora para os donos e gestores de e-commerce.

Para te ajudar, vale investir em ferramentas que facilitem nesse controle. Por isso, listamos seus principais aliados nesse momento:

Inventário de estoque

Trata-se da listagem de todos os produtos armazenados no estoque da sua empresa que tem como objetivo identificar, classificar e determinar o valor e quantidade de cada item.

Sistema de gestão de estoque

Esses sistemas facilitam o gerenciamento do estoque e o controle das entradas e saídas de mercadorias para que você saiba com clareza quais são as mercadorias disponíveis para venda.

Além de reunir dados sobre a disponibilidade de cada produto, também é possível registrar quanto foi pago ao fornecedor e qual foi o preço repassado ao cliente.

Com essa ferramenta, você consegue controlar o potencial de giro de cada produto ao observar os itens com maior ou menor demanda.

sistema de controle de estoque

Software de gerenciamento empresarial

Um bom software de gestão empresarial, como um ERP, ajuda a automatizar processos e integrar informações. 

Por meio dele, você garante, por exemplo, que a quantidade de itens disponíveis no seu site são condizentes com a realidade. 

Relatórios gerenciais

Os relatórios gerenciais são importantes para monitorar o desempenho da loja e tomar decisões estratégicas. Eles também podem ser úteis para identificar problemas no giro de estoque e corrigi-los. 

Conclusão

Por meio do giro de estoque, é possível ter um controle maior sobre o desempenho dos produtos da sua loja e, assim, tomar decisões mais acertadas para aumentar as vendas e, consequentemente, o lucro. 

Portanto, invista em uma boa gestão de estoque e acompanhe essa métrica com frequência. Dessa forma, você conseguirá otimizar a performance do seu negócio, além de mantê-lo alinhado com as tendências do mercado.

E se você está preocupado em realizar boas vendas online, também precisa se atentar com os envios das suas mercadorias. 

Sabia que o seu giro de estoque pode estar baixo simplesmente porque seu frete está muito caro? Por essa razão, vale refletir se o seu e-commerce tem oferecido uma taxa de entrega justa ao seu cliente.

Já para baratear seus envios, a Kangu pode te ajudar. Nós garantimos fretes até 75% mais econômicos e sem abrir mão da agilidade. 

Ao usar nossa plataforma, você pode enviar seus produtos com os Correios e com as melhores transportadoras do Brasil, sem precisar fechar contratos, nem pagar mensalidades ou fazer envios mínimos mensais.

Nossa solução é perfeita para e-commerces de todos os portes, e você ainda tem acesso a diversos benefícios além dos fretes reduzidos, como: 

  • rastreamento e controle em tempo real;
  • envios mais sustentáveis;
  • logística reversa descomplicada;
  • 2.800 pontos de coleta e entrega;
  • sistema de gestão de envios.

Quer enviar seus pacotes com mais economia e agilidade? Clique no banner abaixo e simule seu envio gratuitamente:

Diogo Inoue

Head of Sales

Back To Top