skip to Main Content

Vale a pena vender nos maiores marketplaces do Brasil e qual escolher?

Você já pensou em anunciar seus produtos nos maiores marketplaces do Brasil? Utilizar essas plataformas pode ser uma boa estratégia para impulsionar suas vendas.

Afinal, esse modelo de negócio já é responsável por 78% do faturamento do e-commerce no Brasil, segundo pesquisa da Ebit | Nielsen.

Só para efeitos de comparação, em 2020, o e-commerce avançou 41%, enquanto o crescimento do marketplace foi de 52%, o que resultou na movimentação de R$ 73,2 bilhões e em 148,6 milhões de pedidos.

Ainda tem dúvidas se realmente esse modelo de comércio online vale a pena? Se é realmente vantajoso para seu perfil de negócio?

Então, você precisa ler esse artigo. Aqui você entenderá o que esse shopping center virtual pode fazer pela sua loja online, como funciona o marketplace no Brasil, quais são os melhores canais e como escolher a plataforma ideal. Vamos lá?

Vale a pena vender através de um marketplace?

Essa é, com certeza, umas das perguntas mais corriqueiras entre lojistas que começam a pesquisar sobre esse modelo de negócio. 

Para entender o poder e o potencial das empresas de marketplace, saiba que em 2020 esse modelo de comércio virtual faturou cerca de R$ 73,2 bilhões, sendo que o comércio eletrônico em geral apresentou um faturamento de R$ 126,3 bilhões. 

Com esses números, é fácil entender que vale a pena sim investir nesse canal, independentemente do perfil da sua loja.

Além disso, existem diversas vantagens de anunciar nos maiores marketplaces do Brasil, como:

  • alcance maior de clientes, devido ao grande fluxo de consumidores nos sites;
  • gestão facilita do seu negócio, já que permite controlar dados de vendas e de desempenho para criar estratégias mais assertivas;
  • facilidade para começar e possibilidade de vender mesmo sem possuir uma loja virtual;
  • maior visibilidade da marca pois essas plataformas recebem milhões de visitas diariamente;
  • aumento das vendas por conta da maior visibilidade e maior alcance de usuários.

Por outro lado, lembre-se que os marketplaces cobram taxas e comissões dos lojistas. É importante considerar esses custos na hora de definir o valor dos seus produtos para garantir sua lucratividade.

É possível vender em mais de um marketplace ao mesmo tempo?

Para você que precisa entender como funciona o sistema de marketplace, saiba que esse canal de vendas permite que lojistas comercializem seus produtos em diferentes plataformas de vendas. 

Essas empresas de varejo online possibilitam que seus parceiros utilizem as suas vitrines de comércio, sem a cobrança de qualquer tarifa de exclusividade, dando a liberdade para que o lojista possa comercializar suas mercadorias em diferentes canais. 

Inclusive, essa condição é extremamente vantajosa, pois as lojas têm a possibilidade de alcançar um público maior e manter as suas vendas sempre aquecidas nos maiores marketplaces do Brasil.

Quais os maiores marketplaces do Brasil?

Se você está planejando revender produtos ou comercializar mercadorias de fabricação própria, é bom conhecer quais são os maiores marketplaces do Brasil para que você possa escolher os sites ideais para alcançar boas vendas. 

1. Mercado Livre 

Esse, com certeza, você já ouviu falar ou até fez algum tipo de compra. Afinal, o Mercado Livre é o maior e mais popular marketplace da América Latina. 

Criado há mais de 20 anos, ele é considerado líder de acessos com mais de 300 milhões de usuários e quase 20 milhões de seguidores, tendo muita influência no mercado de marketplace no Brasil.

O Mercado Livre oferece aos seus usuários 200 milhões de promoções em tempo real e mais de 10 compras por segundo. São inúmeras categorias, segmentos e também itens seminovos. 

Segundo levantamento da SEMRush, ele foi o sétimo site mais acessado do Brasil em dezembro de 2021, com 94.9 milhões de acessos no mês.

Já uma estratégia para se destacar na plataforma e aproveitar ainda mais o potencial para vendas é aprender como ganhar reputação no Mercado Livre.

Isso porque todo comprador confere as informações da loja e a reputação para ter certeza de que fará um bom negócio.

2. B2W

Com apenas essas siglas, você pode pensar que não conhece esse grupo que também está entre os maiores marketplaces do Brasil.

O B2W é composto por três importantes sites de vendas, que incluem o Shoptime, Americanas e o Submarino

Juntos, esses shoppings virtuais recebem cerca de mais de um bilhão de visitas de mais de 49 milhões de clientes. 

Por meio de um cadastro único, é possível anunciar diversos produtos nos três sites. Outra vantagem é que mesmo que o cliente parcele suas compras, você recebe o valor total de uma única vez.

3. Magazine Luiza

O Magazine Luiza também é considerado um dos mais importantes canais de marketplace no Brasil com cerca de 90 milhões de acessos por mês.

Segundo o ranking de e-commerces no Brasil da Conversion, a Magazine Luíza foi o terceiro site de e-commerce mais acessado em 2021, atrás apenas do Mercado Livre e da Americanas.

Além disso, a Magalu incorporou outras empresas de marketplace, como a Netshoes, considerado um dos varejos de artigos esportivos mais queridos na América Latina, com quase 12 milhões de seguidores no Facebook. Ela é detentora também da Zattini.

No site da Magalu, é possível anunciar de tudo, mas o destaque é para móveis e eletroeletrônicos. Agora, também existe a categoria Mercado, onde é possível anunciar itens de perfumaria, pet shop, limpeza, entre outros.

4. Casas Bahia

Ao lado do Extra e do Pontofrio, a Casas Bahia integra o Via Marketplace, antigamente chamado de Via Varejo. 

O grupo é um dos maiores marketplaces do Brasil e possui forte influência no segmento. Afinal, a Casas Bahia possui mais de 60 anos no mercado do varejo.

Segundo o ranking da Conversion, o site das Casas Bahia é o sexto e-commerce mais visitado do país, com mais de 70 milhões de acessos mensais no ano anterior.

Esses canais também possuem 1,4 milhões de itens vendidos, 100 milhões de buscas e 1 milhão de pedidos.  

Nos sites, os produtos mais vendidos são eletrodomésticos, eletroeletrônicos e móveis.

5. Global Fashion Group (GFG)

Se você pretende vender roupas pela internet, uma das melhores opções é o Global Fashion Group (GFG), líder no mercado no segmento de moda. O grupo engloba os seguintes sites:

  • Dafiti: maior marketplace de moda do Brasil, com 10 milhões de acessos mensais. É possível vender roupas, sapatos, itens de beleza e utilidades para casa;
  • Kanui: destaque no segmento de surf, skate e lifestyle, além de itens de vestuário, também comporta artigos esportivos;
  • Tricae: considerada a maior vitrine de produtos infantis, como roupas, calçados, brinquedos, decoração e móveis

6. Amazon

A Amazon é recordista em vendas em todo o mundo com cerca de 300 milhões de usuários, tendo um faturamento superior a US$ 110 bilhões no terceiro trimestre de 2021.

Embora seja líder de mercado ou esteja próxima da liderança em outros países, no Brasil, a sua presença ainda está em expansão.

A boa notícia é que as vendas de pequenas e médias empresas representam mais de 60% das vendas totais da Amazon. Além disso, segundo a plataforma, as vendas de pequenas e médias empresas estão crescendo 52% anualmente.

Na plataforma, você pode anunciar em mais de 30 categorias de produtos, incluindo livros, itens de papelaria e escritório, eletrônicos e games.

7. Shopee

A Shopee é uma das maiores plataformas de comércio eletrônico da Ásia e já se tornou um dos maiores marketplaces do Brasil. O shopping center virtual tem uma das maiores taxas de crescimento de novos vendedores no país!

A plataforma ficou conhecida por oferecer um catálogo variado e por ser composto por produtos de baixo custo para o consumidor.

O site busca oferecer as melhores ofertas do mercado, para isso, oferecem descontos progressivos, cupons promocionais e cupons de frete grátis.

Além disso, há uma ferramenta de anúncio pago, assim como no Mercado Livre, para ampliar o alcance dos seus produtos e gerar mais resultados em vendas.

8. Elo7

O Elo7 é a principal plataforma de comércio eletrônico de produtos autorais da América Latina. Por lá, é possível vender itens personalizados diversos, como:

  • artigos de decoração;
  • artesanato e trabalhos manuais;
  • trabalhos digitais (design e ilustração);
  • aluguel de produtos decorativos para festas;
  • insumos para artesanatos;
  • doces artesanais;
  • brindes;
  • presentes criativos.

Então, se as suas mercadorias são voltadas para arte e feitas artesanalmente, esse é o marketplace ideal para o seu negócio.

Lembre-se apenas de caprichar nas fotos dos produtos para transmitir o valor dos itens feitos por você e convencer o cliente a efetuar a compra.

Maiores marketplaces do mundo

Para quem se pergunta qual é o maior marketplace do mundo, saiba que a Amazon está na primeira posição.

A empresa norte-americana consta do relatório Brand Finance 2020 como a marca mais valiosa do mundo na atualidade. Seu valor de mercado é de R$ 8,3 trilhões!

Lançado em 2019, o PayPay Mall também entra na lista dos maiores marketplaces do Brasil e do mundo, sendo muito popular na Ásia. 

O Mercado Livre não fica de fora dos maiores players do planeta. Inclusive, hoje em dia, ele é o maior site na modalidade e-commerce mais pesquisado no Brasil e o maior shopping virtual da América do Sul.

Não podemos deixar de citar o AliExpress, um shopping virtual chinês, que tem se tornado muito popular no Brasil.

Ele é uma das empresas de marketplace especializadas em comércio transfronteiriço, sendo também o site de compras mais popular de países, como a Rússia.

Como escolher o melhor marketplace para sua loja?

Para escolher o melhor marketplace para o seu negócio online, a primeira coisa é entender qual o seu nicho de mercado. 

Se você vende produtos feitos à mão, por exemplo, o marketplace de artesanato é a sua melhor opção. Mas se vende produtos variados, como roupas, calçados, eletrônicos, móveis, existem todas essas opções que já citamos acima. 

Escolher o canal certo é o que determinará o sucesso das suas vendas, pois sua loja precisa estar presente onde seus potenciais clientes estão. 

Outro ponto que merece sua atenção é o suporte e o atendimento oferecido pela empresa de marketplace. 

Verifique se a plataforma oferece diferentes canais de atendimento como telefone, redes sociais, e-mail,  página de FAQ da plataforma e chat. 

Se quer estar presente nos maiores marketplaces do Brasil, você precisará levar em consideração se, de fato, a tecnologia utilizada por essa plataforma atende às suas necessidades.

Certifique-se que a plataforma possui uma estabilidade de navegação adequada, um site rápido e responsivo, que são fatores essenciais para garantir uma boa experiência do usuário.

Ao entrar nos canais de marketplace no Brasil, observe também as taxas de serviço cobradas pelas empresas para que isso não comprometa o seu lucro. 

Conclusão

Inserir a sua loja nos maiores marketplaces do Brasil pode garantir ótimas vendas para o seu negócio, desde que você escolha o canal correto, saiba como precificar o seu produto e, claro, fazer as estratégias certas de divulgação. 

Para estar presente nesses canais, sua loja também precisará de empresas de frete, que assegurem entregas rápidas e eficientes, que também são fundamentais para garantir boas vendas.

Na hora de escolher um parceiro de envio de encomendas, conheça a Kangu, uma plataforma que conta com uma rede de transportadoras parceiras e pontos de entrega e retirada de mercadorias espalhados por todo o Brasil.

Quer garantir os melhores custos e os serviços de frete mais eficientes do mercado? Com a Kangu você pode ter tudo isso e muito mais. Para se cadastrar, é só clicar na imagem abaixo:

Economize no frete com a Kangu

Marcelo Guarnieri

Chief Executive Officer (CEO) e fundador da Kangu

Back To Top