skip to Main Content

Como tirar fotos de produtos? Guia prático para vender mais

As fotos de produtos são, sem dúvidas, um dos aspectos mais importantes na hora de convencer o cliente a efetuar uma compra online.

De acordo com a Justuno, 93% dos consumidores consideram a aparência visual o principal fator para a decisão de compra. 

É fácil compreender esse dado. Afinal, no ambiente digital, o consumidor não conseguirá tocar e nem experimentar o produto antes de comprar. Todo o contato é feito através da tela do computador ou smartphone.

Logo, é necessário boas imagens para destacar as características e os diferenciais do seu produto e, assim, conseguir chamar a atenção do seu público em meio a outras 1,59 milhões de lojas online.

Então, se você quer descobrir como tirar fotos de produtos para vender, acompanhe o artigo e entenda tudo sobre o assunto!

Por que as fotos de produtos são tão importantes?

Apresentar seus produtos por meio de fotos de alta qualidade não é apenas uma questão estética.

Na verdade, é este quesito que pode fazer toda a diferença entre ter muitas vendas online ou não gerar nenhuma conversão.

Isso ocorre porque os consumidores percebem o valor dos produtos de um e-commerce, bem como a confiabilidade da marca, a partir dos recursos visuais.

Tenha em mente que, na internet, a fotografia é a única maneira do cliente avaliar características importantes do produto, como:

  • qualidade;
  • aparência e detalhes do item;
  • acabamento;
  • tamanho do produto;
  • custo-benefício.

Portanto, se o produto não conseguir transmitir essas informações através de uma imagem, o cliente provavelmente desistirá de comprar em sua loja e irá procurar o que deseja na concorrência.

Se você também anuncia em marketplaces, como Amazon e Mercado Livre, as fotografias são ainda mais importantes.

Afinal, seus produtos serão exibidos ao lado dos seus concorrentes e é justamente a foto que pode fazer ele clicar ou não em um anúncio.

Só para você ter uma ideia do poder dos recursos visuais, um estudo realizado pelo eBay Research Labs com diversos e-commerces, evidenciou que as fotos de produtos chamam a atenção do cliente, transmitem confiança e aumentam as taxas de conversão.

A pesquisa ainda destacou que produtos com duas fotos vendem mais do que aqueles que utilizam apenas uma imagem.

Por outro lado, empresas que usam fotos de bancos de imagens ou em baixa resolução geram desconfiança no consumidor a ponto de desistir da compra.

 

 

Quais equipamentos fotográficos necessários?

Os empreendedores que estão começando um negócio online costumam ter um orçamento limitado e, muitas vezes, não conseguem contratar um fotógrafo profissional para registrar as fotos de produtos.

Se este é o seu caso, saiba que esta tarefa é menos complicada do que parece. Porém, você precisará reunir alguns equipamentos essenciais:

Câmera fotográfica

Os modelos mais básicos de câmeras profissionais, como da Canon ou Nikon, são suficientes para começar e garantir um bom desempenho. 

Opte por modelos DSLR, pois produzem imagens de alta qualidade, possuem foco automático contínuo e jogo interno de espelhos, que permite que o visor mostre exatamente a cena que irá capturar.

Contudo, se você não tiver esse equipamento à disposição ou não possuir recursos para adquirir, também é possível usar o seu smartphone, desde que a câmera tenha resolução superior a 13MP. 

Fundo branco

Existem várias opções de fundo branco para você tirar fotos de produtos.

É possível recorrer a caixa branca — também conhecida como estúdio portátil — ou improvisar com um pano, um lençol, uma cartolina ou até um rolo de papel.

Mas, atenção! Você precisará criar um fundo infinito. Para isso, estique e prenda o papel ou tecido branco, dobrando-o para criar uma leve curvatura.

Tripé

Os movimentos das mãos podem deixar as imagens borradas e tremidas. Para evitar essa situação e tirar fotos com mais estabilidade, use um tripé. Existem modelos que comportam até smartphones.

Esse equipamento também ajuda a garantir que a câmera esteja na mesma posição em todas as fotos, o que deixa a aparência mais profissional.

Refletores

Montar um estúdio com flashes profissionais pode custar caro. Por isso, a luz natural é uma das melhores opções para registrar suas fotos de produtos.

Contudo, quando a claridade vem da janela, a luz bate apenas de um lado do objeto e cria sombra do outro lado.

Neste caso, é preciso de um refletor para iluminar o outro lado do objeto ao refletir a claridade. Para isso, você pode usar uma placa de isopor branca.

Mesa

Se for fotografar produtos menores, como equipamentos eletrônicos, é preciso ter um suporte para apoiar o fundo branco e as mercadorias. 

Uma mesa comum, com largura entre 60 a 70 cm, é uma boa pedida.

Agora, se for usar modelos humanos, por exemplo, ao fotografar roupas para vender, esse item não é necessário.

Como tirar fotos de produtos – PASSO A PASSO 

Uma imagem é composta por uma série de quesitos, como iluminação, cenário e edição. 

Portanto, não basta reunir todos os equipamentos e simplesmente apertar alguns botões, é preciso entender como tirar fotos de produtos.

Para isso, preparamos um passo a passo prático:

1. Prepare os produtos

O primeiro passo é preparar os itens para a sessão de fotos. Garanta que todos os produtos estejam com a melhor aparência possível.

As roupas, por exemplo, devem estar impecáveis, limpas, bem passadas e sem nenhuma dobra. 

Os produtos, como eletrodomésticos, eletrônicos e acessórios, devem estar limpos e em perfeito estado.

2. Monte o cenário

A próxima etapa é montar a área da fotografia.

O fundo branco é um excelente cenário para fotos de produtos que irão para o site da sua loja virtual ou para o anúncio de marketplace, pois o foco fica totalmente no produto em si.

Então, se esta for sua opção, comece colocando a mesa próxima a uma janela em um ângulo de 90º para a direita ou para a esquerda, longe da sombra do peitoril. 

Você também pode ir além e criar um cenário. Essa ação deixa a fotografia mais interessante, o que é ótimo especialmente para publicar nas redes sociais.

Por exemplo, se você vende chás, uma linda mesa de café da tarde, com biscoitos e frutas, ajudam a destacar o produto e deixar o consumidor com água na boca.

Agora, se comercializa cosméticos naturais, pode fotografá-lo ao lado das matérias-primas que deram origem ao produto. Já um perfume floral feminino fica bem delicado ao ser registrado em um cenário com pétalas de flores.

Até mesmo em fotografias de fundo branco você pode incorporar alguns elementos. Em vez de tirar a foto apenas da blusa, por que não montar um look completo?

Neste momento, também é interessante buscar estratégias para dar noção de escala aos produtos. Essa ação é muito utilizada em móveis.

Afinal, pode ser difícil ter noção do tamanho de um produto vendo apenas a sua imagem. Por isso, além de adicionar as dimensões na descrição, vale fotografar com um objeto comum para demonstrar a escala do produto.

No caso de bolsas, por exemplo, você pode colocar um caderno ou um celular ao lado do item ou fotografar com uma modelo.

3. Posicione a iluminação 

Ao fotografar produto, a iluminação adequada é essencial. A ideia é que todas as partes dos produtos estejam bem iluminadas, sem distorções causadas por sombras ou excesso de luminosidade.

Portanto, evite a luz direta no produto, pois ela é dura e costuma não valorizar a aparência da maioria dos objetos e modelos.

Opte por deixar a luz iluminar a lateral da mesa de produtos. E, do outro lado, coloque o refletor.

4. Fotografe

É hora de colocar a mão na massa! Não economize nas imagens e fotografe seus produtos de diversos ângulos para evidenciar detalhes, dimensões, texturas e cores.

Lembre-se que quanto mais detalhes o cliente conseguir observar nas imagens, mais confiante o cliente se sentirá em realizar a compra.

Também tome cuidado com o enquadramento. Sempre coloque seu produto no centro do fundo branco e deixe-o em uma posição que o valorize.

Se for fotografar cenários, garanta que o produto esteja em destaque na imagem, para que o consumidor não se distraia com outros elementos.

5. Faça a edição das fotos 

Por fim, edite as fotos de produtos para torná-las ainda mais profissionais.

Use programas de edição, como Adobe Photoshop Lightroom, PicsArt e Pixlr, para realizar as correções necessárias, como retoque, ajuste de iluminação e contraste, correção de cores, recortes, etc.

Aproveite também para padronizar as imagens nos seguintes quesitos:

  • tamanho (640 x 640 pixels, por exemplo);
  • formato (quadradas, horizontais ou verticais);
  • tipo de arquivo (JPEG, PNG, etc).

Para se aprofundar mais neste assunto, confira nosso guia completo sobre edição de fotos para lojas virtuais

Usar ou não fundo branco nas fotos de produtos? 

A não ser que o objetivo seja fotografar um cenário específico, como o produto em seu ambiente natural, use o fundo branco. 

Ele é a melhor opção de cor sólida para fotografar produtos. Essa cor realça os detalhes e as características dos objetos, sem gerar distrações.

Agora, se o item for branco, vale optar por um fundo preto ou de outra tonalidade. 

Outra alternativa é colocar o produto branco no cenário da mesma cor e utilizar refletores pretos nas laterais e no fundo, fora da moldura da foto.

Assim, você cria uma borda escura no item branco e deixa a fotografia mais sofisticada.

Inclusive, vale diversificar nas imagens ao adicionar algumas com fundo branco e outras em cenários.

Quais cuidados devem ser tomados ao fotografar produtos? 

Se você nunca tirou fotos de produtos, precisa se atentar aos principais erros dos iniciantes e, assim, garantir imagens mais profissionais. Veja só:

Flash 

O flash da câmera possui uma luz muito dura, que cria reflexos e sombras, o que deixa a imagem com aspecto amador.

Além disso, ele reduz a qualidade da foto e cria aquele efeito estourado (com partes brancas na imagem).

Como falamos anteriormente, a melhor opção é usar a luz natural. Se ainda assim a luminosidade não for suficiente, use luzes de led ou até mesmo a lanterna do celular, mas não use o flash.

Fidelidade de cores 

As imagens dos produtos devem representar as suas cores com a maior fidelidade possível. 

Por isso, não use filtros na edição, nem luzes coloridas ao fotografar, pois podem alterar as tonalidades originais dos itens e ainda dificultar a visualização dos produtos.

Já imaginou o consumidor devolver o produto e solicitar estorno porque o item não era do jeito que ele visualizou na foto?

Além de perder uma venda, você certamente diminui suas chances de ter um cliente fiel.

Zoom

O zoom digital dos celulares e das câmeras reduzem a qualidade das fotos, o que prejudica o resultado final. Por isso, evite usá-los.

Por outro lado, câmeras profissionais possuem zoom óptico, que podem ser utilizados sem acarretar na perda de qualidade.

Conclusão

As fotos de produtos são um dos principais aspectos avaliados pelos consumidores na hora de realizar compras online.

Por essa razão, foi importante conhecer algumas técnicas de fotografia para registrar imagens de qualidade que valorizam os seus produtos e ajudam seu cliente na jornada de compra.

Garanta todos os equipamentos necessários para começar, monte cenários, tome os devidos cuidados ao fotografar e não se esqueça da edição. Assim, você pode produzir ótimos recursos visuais para o seu e-commerce.

Porém, vale ressaltar que essas são algumas dicas básicas. Para um resultado profissional, vale considerar a contratação de um fotógrafo. Esse investimento costuma valer a pena, já que fotos de alta qualidade interferem diretamente nas conversões.

Já para aumentar a eficiência logística da sua loja virtual, conte com a Kangu! Para conhecer agora mesmo nossas soluções para baratear seu frete, é só clicar na imagem abaixo.

Diogo Inoue

Head of Sales

Back To Top