skip to Main Content

Como montar um brechó online: fature com roupas usadas

Quer saber como montar um brechó online? Então, você acaba de chegar ao lugar certo. Neste artigo, vamos te contar como faturar com a venda de roupas usadas na internet.

O comércio de roupas usadas existe há décadas, mas nos últimos anos, esse segmento ganhou força, tornando-se uma ótima opção para quem gosta de moda,  mas não tem grana para investir alto. 

Que tal aprender a como montar um brechó de roupas usadas e conquistar de uma vez por todas a sua independência financeira? Vem com a gente!

Confira nossas dicas para vender roupas na internet.

Como montar um brechó online?

Os brechós estão em alta não somente no Brasil, mas em todo mundo. Segundo um estudo da Boston Consulting Group, a compra e venda de produtos de luxo usados cresce 12% ao ano entre os milionários e bilionários, representando 7% do mercado de luxo.

Se você quer obter uma parcela desse mercado, mesmo que suas peças não sejam tão requintadas, entender o passo a passo de como montar um bazar de roupas online é primordial.

Comece por montar um bom planejamento de tudo que envolve o negócio. Você vai estabelecer um nicho? Feminino? Masculino? Infantil? Roupas antigas ou modernas? 

Definido seu segmento de atuação, pense nos nomes para brechó que possam combinar com o seu perfil de negócio.  Pense também em quais os canais serão usadas para vender seus produtos. 

É possível montar uma loja de roupas usadas no Instagram, vendê-las em um marketplace, diretamente no Whatsapp ou montar um e-commerce. 

Avalie também qual o investimento que tem disponível para aquisição dessas peças e onde encontrá-las. Após definir tudo isso, você pode colocar a mão na massa.  Mas calma que vamos te ajudar nessa missão. 

Diferenças entre o brechó online e o brechó físico

Vender roupas usadas é um bom negócio seja na internet ou em uma loja física. No brechó online, as vendas e a divulgação acontecem diretamente na internet, em plataformas de e-commerce, redes sociais ou até em aplicativos de mensagens. 

Já o brechó físico, como o próprio nome já diz,  é aquele que você expõe e comercializa seus produtos em um estabelecimento com estrutura física. Claro que, nesse caso, também é possível utilizar a internet para divulgar os seu negócio.

Como montar um brechó online passo a passo

Quer saber como montar um brechó online? Então, confira o passo a passo que preparamos para você com as melhores dicas para tornar as suas vendas um verdadeiro sucesso. 

Loja virtual, marketplace ou redes sociais

Comece por definir quais serão os seus canais de atuação. Você precisará criar uma estrutura para vender suas peças usadas na internet. 

No caso de uma loja virtual, é necessário ter um domínio e contratar uma plataforma de e-commerce. 

Se quer entender como montar um brechó infantil online ou para qualquer outro nicho, saiba que, hoje em dia, há muitas empresas que oferecem lojas alugadas com as funcionalidades essenciais para a operação e um custo baixo.

É possível vender também seus produtos nos marketplaces, um modelo de negócio, que oferece uma proposta comercial colaborativa. 

A vantagem de usar esses canais é que você não tem custo de divulgação e estrutura, mas em contrapartida, precisa pagar comissões ou taxas sobre as vendas.

Outra forma de vender e fazer marketing para brechó são as redes sociais que, hoje em dia, são ótimos canais para a comercialização de produtos e serviços. É importante que você faça uma conta comercial tanto no Instagram quanto no Facebook.

Ambas as plataformas oferecem recursos para empresas, que podem ajudar a fomentar o seu negócio. Se quer saber como vender nesses canais, confira o nosso artigo sobre como fazer marketing no Instagram.

Estoque inicial

Esse é uma das principais etapas para as pessoas que precisam aprender como montar um brechó simples ou até mais sofisticado. Lembre-se que você deverá investir em um estoque inicial para começar o seu negócio online. 

É possível trabalhar com itens em consignação ou adquiri-los para a venda. Se possível, recomendamos que adote o modelo consignado, pois ainda não entende muito sobre o mercado e a preferência dos seus clientes. 

Nesse sistema, você recebe a mercadoria, vende e destina um percentual para a empresa que forneceu os produtos. A vantagem é que essa modalidade não exige um investimento alto. 

Divulgação

Quer saber como divulgar o seu brechó? Saiba que essa etapa é primordial para o sucesso de qualquer negócio.  Hoje em dia, você pode contar com as redes sociais para fazer propaganda da sua loja de roupas usadas. 

É possível fazer publicações orgânicas, ou seja, sem a necessidade de investir em anúncios ou fazer propagandas pagas, que exigem um investimento.

Não deixe de divulgar de forma regular seus produtos tanto no feed da sua página quanto no stories. Nos seus anúncios, insira sempre as principais informações do produto, como preço, tamanho, cor, formas de pagamento, entre outros. 

No caso dos anúncios pagos, você consegue alcançar uma maior quantidade de consumidores que estão interessados em comprar roupas usadas. 

Na hora de fazer o marketing para o brechó, recomendamos que você use 30% dos seus recursos na operação e 70% no marketing online para que possa garantir a saúde financeira do seu negócio.

Entrega das encomendas

Essa é uma dica muito valiosa. Você pode investir no melhor canal de venda, fazer o anúncio mais atraente, mas se a entrega da mercadoria apresentar problema, todo seu trabalho foi por água abaixo.

Para você que precisa aprender como montar um brechó online, saiba que em um processo de venda a entrega das encomendas deve ter todo o cuidado. Sua loja de roupas usadas precisa garantir agilidade, segurança e qualidade.

Na hora de escolher seus parceiros de envio de encomendas, conheça a Kangu, uma plataforma que oferece serviços para empresas dos mais diferentes portes com ótimos custos. 

Vender roupas usadas é um bom negócio?

A resposta é sim! Esse segmento tem crescido a cada dia, principalmente pelo seu baixo custo e também por uma nova tendência ligada à sustentabilidade e a economia compartilhada. 

Vender roupas usadas é um bom negócio, pois as redes sociais também facilitam a divulgação e as transações financeiras, já que possuem recursos de vendas dentro das suas plataformas. 

No caso do e-commerce, há inúmeras empresas que oferecem sites com diversos preços e funcionalidades, atendendo aos mais diferentes portes de negócios. 

Conclusão

Já sabe como montar um brechó online? Agora é só colocar todas as nossas dicas em prática e faturar muito. Lembre-se de contar com bons parceiros de envio de encomendas, que garantam qualidade, segurança e agilidade.

Conheça a Kangu, que oferece uma rede de transportadoras e pontos de entrega e coleta espalhados por todo o Brasil. Reduza o valor e os custos de envio com a nossa plataforma. 

Cadastre-se e economize com o envio de encomendas

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top